Home | Clínica | Localização | Contato
 
 

Prevenção de Oclusopatias – Intervenção Oportuna na Dentadura Decídua através da RNO.

Painel Científico do CIOSP - 01/2007

Gabriel Ribeiro Matos, Liege Maria Di Bisceglie Ferreira e Patrícia Bárbara Moquillaza da Rocha, Denise Fernandes Barbosa.         

 

Clique aqui e confira o trabalho científico CIOSP 2007
 

Este trabalho pretende demonstrar a prevenção em oclusopatias com os recursos da Reabilitação Neuro-Oclusal na dentadura decídua restabelecendo o equilíbrio oclusal, que é obtido através de ajustes oclusais por decréscimo (desgastes seletivos) e/ou acréscimo (pistas diretas Planas), de acordo com as características de cada caso, promovendo o desenvolvimento adequado das bases ósseas. Segundo Ricketts, o tratamento precoce exerce influencias ortopédicas sobre o crescimento mandibular em crianças com maior facilidade. De acordo com Kawamura e Simões, objetiva-se prevenir, diagnosticar, tratar e reabilitar as funções orais na odontologia moderna. Foram selecionados quatro casos com oclusopatias na dentição decídua relacionadas com os planos vertical e sagital em crianças de 3 a 6 anos com acompanhamento por 3 anos. Foi utilizada documentação especializada inicial e final com os respectivos resultados. A evolução ocorreu dentro do esperado, pois a atuação através da neurofisiologia oral aplicada e da RNO sobre a dentadura decídua deu condições ao sistema neuro-moscular para agir plasticamente com resposta de desenvolvimento ósseo e ao sistema estomatognático para reestabelecer padrões funcionais de mastigação, fonação, deglutição, respiração e postura adequados. A reorganização precoce dos padrões funcionais adequados é um facilitador que cria condições favoráveis para o correto desenvolvimento da dentição mista e permanente.